Sony terá dado de usuário no caso jailbreak PS3

14-09-2010 15:47

 

Juiz americano determina que a Sony deve receber os dados de todos os usuários que baixaram o jailbreak do PS3, bem como todos aqueles que comentaram no vídeo do YouTube a respeito do hackeamento.

Em janeiro, a Sony entrou com um processo judicial contra George Hotz (GeoHot) e mais 100 pessoas do grupo cracker fail0verflow, que foram responsáveis pelo destravamento do Playstation 3.

A quebra de proteção do console da Sony permitiria rodar jogos piratas ou sistemas operacionais diferentes. E a empresa argumenta que isto constitui em infração de direitos autorais e fraude computacional.

A Bluehost, que hospeda o site da Geohot, deve fornecer as informações sobre quem baixou o jailbreak do PS3. O Twitter também deve fornecer informações sobre qualquer post da Hotz; o Google Blogspot fará o mesmo a respeito dos comentários feitos em seu blog e os dados dos usuários do YouTube que comentaram no vídeo da GeoHot também devem ser entregues à Sony.

O objetivo da empresa é mostrar que a maioria dos usuários que acessou o conteúdo e fez o jailbreak é da Califórnia. Isso provaria que a GeoHot estava focada no estado e que, portanto, o processo deve permanecer ali – e não ir para Nova Jérsei, onde a empresa realizou o jailbreak.

Voltar

Procurar no site

© 2010 - 2013 Todos os direitos reservados. Designed by: Evandro Wirlynthon